segunda-feira, 29 de junho de 2015

Idanha-a-Nova, Louriçal do Campo e Casal da Serra!!!

Mais um domingo com um bom par de pedaladas entre amigos, muito calor e um belo petisco no final...Idanha, Orca, Zebras, Vale da Torre, Lardosa, Louriçal do Campo, Casal da Serra, Louriçal, Lardosa, Alto da Lousa, Oledo e Idanha.
No total foram 92Km com 1100mts D+

Algumas fotos para recordar...













segunda-feira, 22 de junho de 2015

Idanha-a- Nova...Loriga!

Já começa a ser tradição, no primeiro fim de semana de Verão, alguns elementos da ACIN juntam-se, e por estrada vão subir à Serra mais alta de Portugal, a Serra da Estrela. Desta vez o percurso que tinha delineado não previa a chegada ao Topo (a Torre), ficando-se pela Lagoa Comprida, ainda assim era durinho QB.
O dia previa-se bem quente, logo a partida quanto mais cedo melhor; pelas 7:00Horas da manhã fizemos-nos então à estrada eu e mais sete camaradas do pedal, Afonso, Moreira, Sandra, Caramelo, Rui Martins, Vitor e o José Martins.
De facto as previsões vieram a confirmar-se e o calor foi mesmo o principal inimigo da rapaziada ,obrigando-nos a inúmeras paragens nas diversas fontes que íamos encontrando ao longo do percurso.
Este foi mais um excelente dia de pedaladas e convívio, que culminou com um belo banho nas refrescantes e límpidas águas da praia fluvial de Loriga, seguido do respectivo almoço também no mesmo local.
Aqui ficam alguns dados da voltinha:
Idanha, Aldeia de Santa Margarida, Mata da Rainha, Capinha, Caria, Belmonte, Valhelhas, Manteigas, Penhas Douradas, Sabugueiro, Lagoa Comprida e Loriga.
No total o meu garmin registou 152Km com 2800mts de desnível vencido.







































sexta-feira, 12 de junho de 2015

Voltinha da Cereja..."Alcongosta"

A queimar os últimos "cartuchos" de uma semaninha de férias com muitas e boas pedaladas, hoje eu e a Sandra fomos dar um giro até Alcongosta, pois neste fim de semana está ali a decorrer o festival da cereja.
À nossa passagem a azáfama e os preparativos já se faziam sentir, com os habitantes daquele bonito lugarejo a engalanarem as ruelas com o fruto que dá o nome ao festival.
Nós como não levávamos pressa lá fomos prosseguindo de cerejeira em cerejeira até ao Souto da Casa, mas que grande barrigada de cerejas nós apanhamos, eh, eh...
Quanto à voltinha teve o seguinte itinerário: Saída da Idanha em direcção à Orca, Vale de Prazeres, Alcongosta, Souto da Casa, Vale de Urso, Paradanta, Casal da Fraga, S. Vicente, Louriçal do Campo, Lardosa, Oledo e Idanha.
No total fizemos 109km com 1550mts de desnível vencido, numa agradável manhã para pedalar.